domingo, 11 de novembro de 2012

Drops: Histeria


Histeria pode ser simplificado em sua descrição como o filme que conta a história do surgimento do vibrador, mas a comédia de Tania Wexler é um filme sobre costumes. Wexler traz a história de Mortimer Granville, um jovem médico do século XIX que começa a trabalhar no consultório do Dr. Robert Dalrymple no início de sua carreira, após ser despedido de diversos hospitais por estar a frente dos padrões médicos da época. Dalrymple atende senhoras diagnosticadas com "histeria" e a solução para esse problema feminino estava, segundo o médico, literalmente nas suas mãos. Acreditava-se que quando uma mulher demonstrava inquietação ou começava a manifestar ideias transgressoras, a solução estava na satisfação sexual através da masturbação. Claro que tudo era feito com muita discrição nos consultórios e sequer o consideravam como um tratamento sexual. A partir de sua experiência, Mortimer começa a pensar em uma máquina que solucionaria o problema das mulheres e os seus, já que atender a dezenas delas por semana começava a lhe causar câimbras nas mãos.Curioso é que se pensarmos na sociedade em que vivemos, até hoje as mulheres sofrem com as acusações de histeria e não é difícil ver um infeliz sugerir que a origem de qualquer oscilação de humor está diretamente ligada com a ausência de sexo. Bom, não deixa de ter um fundo de verdade na época já que boa parte dos maridos ou eram completamente ausentes ou sequer consideravam os desejos sexuais de suas esposas, tornando elas completamente infelizes na cama. O fato é que, como diz a personagem de Maggie Gyllenhaal em um dado momento do longa, as mulheres sempre viveram uma relação de culpa com o sexo (não são donas de seus próprios corpos, ela diz). Sem mais delongas, Histeria é um filme bem interessante sim. Apesar de descambar para a comédia romântica em seus minutos finais de projeção mostra na maior parte dela um oportuno humor malicioso, sem ser grosseiro, e  proporciona discussões relevantes sobre a emancipação feminina.


Hysteria, 2011. Dir.: Tania Wexler. Roteiro: Stephen Dyer e Jonah Lisa Dyer. Elenco: Hugh Dancy, Maggie Gyllenhaal, Jonathan Pryce, Felicity Jones, Rupert Everett, Ashley Jensen, Sheridan Smith, Gemma Jones, Malcolm Rennie, Kim Criswell. 100 min. Imagem Filmes

Nenhum comentário: