sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Os 10 piores filmes de 2012

#1. Battleship - A Batalha dos Mares
Os produtores de Hollywood não se cansam de nos pregar peças desse tipo. De quem foi a ideia de fazer um filme sobre o jogo Batalha Naval e colocar ETs, Rihanna e Liam Neeson em zona de conflito?

#2. O que esperar quando você está esperando 
Comédia romântica nada inspirada que não consegue desenvolver nenhum dos seus vários núcleos, protagonizados por Jennifer Lopez, Cameron Diaz, Chris Rock, Anna Kendrick e o brasileiro Rodrigo Santoro. Fórmula gasta.

#3. Diário de um Jornalista Bêbado
O filme tem seus defensores, especialmente aqueles que cultuam Medo e Delírio, de Terry Gilliam. Trata-se de mais um exemplar da fase ruim de Johnny Depp, que acumula O Turista, Alice no País das Maravilhas e Piratas do Caribe - Navegando em Águas Misteriosas.


#4. Um Homem de Sorte
Fora Diário de uma Paixão, não me recordo de uma única adaptação cinematográfica dos romances de Nicholas Sparks que valha a pena. Este aqui é tão formulaico e banal quanto Querido John e Noites de Tormenta.

#5. John Carter
A Disney apostou alto, chamou Andrew Stanton (responsável por obras-primas como Wall-e e Procurando Nemo) para sua estreia em live action e cometeu John Carter, que ainda conta com um dos piores atores do ano Taylor Kitsch (igualmente ruim em  outros desastres - leia-se Battleship Selvagens, de Oliver Stone)


#6. Reis e Ratos
Pior do que as comédias baratas que o cinema nacional anda lançando é juntar um elencaço, um ótimo diretor (Mauro Lima, de Meu Nome não é Johnny) e realizar um filme tão perdido em propósitos e referências quanto Reis e Ratos.



#7. Amanhecer - Parte 2
Não gosto de nenhum dos filmes Crepúsculo,  mas nenhum deles entrou nessa lista anual. Amanhecer - Parte 2 merece o feito inédito por trazer um dos maiores anti-climax da história do cinema (spoiler: a batalha que nunca existiu). Jogo baixo para qualquer cinéfilo.


#8. Bel Ami - O Sedutor
Robert Pattinson teve chances de mostrar a que veio em 2012. Mas se nem com David Cronenberg (Cosmópolis) ele mostrou serviço, não seria nesse drama insosso que ele nos surpreenderia. Ainda que tivesse a companhia de atrizes do quilate de Uma Thurman e Kristin Scott Thomas.

#9. W.E. - O Romance do Século
Consenso do ano: Madonna não está preparada ainda para assumir filme como W.E.. O longa idealiza o romance do Rei Edward com a americana Wallis Simpson e, de quebra, traz uma história meia boca protagonizada por um segurança de museu e uma admiradora da biografada. 

# 10. Albert Nobbs
Quem disse que filmes ruins não são indicados ao Oscar? Tá certo que Albert Nobbs mereceu as indicações que recebeu (atriz, atriz coadjuvante e maquiagem), mas esse drama tem um roteiro tão ruim e sem foco que não dá para deixar de sentir pena de Glenn Close que batalhou tanto por sua realização e há anos merecia um papel como esse. Não foi dessa vez, Glenn!

2 comentários:

Tania Araújo disse...

Lendo aqui descobri ter um péssimo gosto para filmes...

Alan Raspante disse...

Não vi alguns nomes da lista, mas "Diário de um Jornalista Bêbado" vence qualquer parada. Que filme terrível!