sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

PGA e WGA escolhem seus favoritos

Sindicatos dos produtores e roteiristas divulgam suas listas de melhores do ano. Alguns dos indicados podem estar no Oscar.

Enquanto os produtores lembraram de 007 - Operação Skyfall, os roteiristas lembraram dos trabalhos de O Voo, As Vantagens de ser Invisível e O Mestre no departamento
Apesar do Globo de Ouro ser um prêmio de maior visibilidade, não há dúvidas, os prêmios dos sindicatos são os melhores indicadores do que pode acontecer no Oscar em suas respectivas categorias (produtores na categoria melhor filme e roteiristas nas categorias de roteiro original e adaptado, por exemplo). No entanto, a temporada 2012-2013 foi uma das mais atípicas com os complicados mecanismos de votação da Academia (dessa vez eles resolveram utilizar uma votação pela internet que não funcionou muito bem) e o descompasso entre o calendário dos sindicatos e do Oscar. O prazo para a entrega das cédulas da Academia não coincidiu com a divulgação dos guilds (como os sindicatos são conhecidos por lá) e o vencedores desses grupos só serão conhecidos após o anúncio dos indicados ao Oscar, que acontecerá esse ano dia 10 de janeiro, antecedendo o Globo de Ouro. Para complicar ainda mais, como de praxe, o sindicato dos roteiristas anunciou a inelegibilidade de alguns roteiros com a justificativa de que alguns de seus autores não fazem parte do sindicato, portanto, aqui, os indicados podem ser bem diferentes no Oscar. 

Mas não dá para descartar a influência dessas listas dos sindicatos no resultado dos prêmios da Academia, os votantes são muito parecidos (profissionais do cinema, diferente do Globo de Ouro, cuja comissão é formada por correspondentes da imprensa internacional). Bom, essa semana, dois guilds (ou seja, sindicatos) divulgaram seus favoritos, o sindicato dos produtores e dos roteiristas, através do PGA (Producers Guild Awards) e WGA (Writers Guild Awards). A surpresa ficou por conta da presença de 007 - Operação Skyfall entre os dez melhores filmes do ano pelo PGA (a candidatura de Skyfall mostrou ser mais forte do que pensávamos, será que 007 vai conseguir quebrar a resistência da Academia com  os blockbusters, algo que O Cavaleiro das Trevas e Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2 não conseguiram?). Já no WGA, a surpresa ficou por conta de O Voo como melhor roteiro original e um fortalecimento nas candidaturas de O Mestre e As Vantagens de ser Invisível. Confira abaixo os escolhidos:

PGA - Melhor Filme
Argo
Indomável Sonhadora
Django Livre
Os Miseráveis
As Aventuras de Pi
Lincoln
Moonrise Kingdom
O Lado bom da Vida
007 - Operação Skyfall
A Hora mais Escura

WGA - Melhor Roteiro Original
O Voo , de John Gatins
Looper - Assassinos do Futuro, de Rian Johnson
O Mestre, de Paul Thomas Anderson
Moonrise Kingdom, Wes Anderson e Roman Coppola
A Hora mais Escura, de Mark Boal

WGA - Melhor Roteiro Adaptado
Argo, de Chris Terrio
As Aventuras de Pi, de David Magee
Lincoln, de Tony Kushner
As Vantagens de ser Invisível, de Stephen Chbosky
O Lado Bom da Vida, de David O. Russell


Inelegíveis pelo WGA: Django Livre, Amor, Middle of Nowhere, O Impossível, Entre o Amor e a Paixão, Sete Psicopatas e um Shih Tzu, Indomável Sonhadora, Anna Karenina, Os Miseráveis e O Exótico Hotel Marigold.

Desses, diria que podemos contar com a possibilidade do Oscar lembrar de Django Livre, Amor, Middle of Nowhere, Sete Psicopatas e um Shih Tzu Indomável Sonhadora, todos roteiros bastante elogiados.

Nenhum comentário: