sábado, 23 de fevereiro de 2013

Guia Oscar 2013 - Os filmes e os palpites finais

Lista de indicados aqui

Argo
Palpite: Vencedor de 3 Oscars
Melhor filme, roteiro adaptado e montagem

Com a maioria dos prêmios dos sindicatos, Argo tornou-se o favorito da temporada passando para trás Lincoln. Difícil outro candidato levar melhor filme, sobretudo após o sentimento de injustiça que pairou sobre Hollywood após a esnobada da Academia a Ben Affleck na categoria de direção. Como estatisticamente o melhor filme nunca sai com menos de três estatuetas da mão e por ser um ano muito competitivo, o palpite é que Argo sairá do Dolby Theatre com exatos três prêmios. Os palpites imediatos são o Oscar de melhor roteiro adaptado para Chris Terrio, compensando a ausência de Affleck como diretor, e a montagem. 

Possibilidade em: Som e mixagem de som

Chances por uma zebra: ator coadjuvante (Alan Arkin) e trilha sonora original

Lincoln
Palpite: Vencedor de 3 Oscars
Melhor Diretor, ator (Daniel Day-Lewis) e melhor ator coadjuvante (Tommy Lee Jones)

A grande certeza em Lincoln é a vitória de Daniel Day-Lewis como melhor ator. Nem as antes certas estatuetas de diretor e ator coadjuvante estão tão certas assim. O grande empecilho que o filme enfrenta neste momento é aquele enfrentado por todo longa que mesmo antes da temporada já tem cara de favorito, a perda de fôlego entre janeiro e fevereiro, quando os prêmios de fato são entregues. Atualmente, Spielberg enfrenta a possibilidade de Ang Lee vencer como melhor diretor (já que Lincoln encontra-se com chances menores de levar o prêmio de melhor filme, os votantes podem se sentir desobrigados em votar em Spielberg) e a categoria em que Tommy Lee Jones concorre é a mais disputada, com todos tendo chances de ganhar. Além do que, nas últimas semanas, começaram alguns burburinhos em torno de Robert DeNiro e seu retorno aos bons desempenhos em O Lado Bom da Vida

Possibilidade em: Filme, atriz coadjuvante (Sally Field), roteiro adaptado, trilha sonora original, figurino 

Chances por uma zebra: Montagem, fotografia, direção de arte, mixagem de som.

As Aventuras de Pi
 Palpite: Vencedor de 4 Oscars
Melhores efeitos visuais ou especiais, fotografia, direção de arte e trilha sonora original

As Aventuras de Pi deve repetir o mesmo caso de filmes como A Invenção de Hugo Cabret, A Origem e Avatar no Oscar. Como grande feito cinematográfico que é levará uma boa combinação de prêmios técnicos e artísticos que incluem efeitos visuais ou especiais (seria um desaforo qualquer candidato levar em seu lugar, apesar da ameaça do primeiro capítulo de O Hobbit ser um azarão aqui); a dobradinha fotografia e direção de arte; e a trilha sonora de Mychael Danna, um dos trabalhos mais elogiados do ano no departamento. Há ainda a possibilidade de Ang Lee levar o prêmio de melhor direção no lugar de Spielberg, mas daí já seriam 5 Oscars... Será que é bom reconsiderar algumas apostas?

Possibilidade em: Diretor (Ang Lee)

Chances por uma zebra: Filme, roteiro adaptado, montagem, canção original ("Pi's Lullaby"), som, mixagem de som

A Hora mais Escura
Palpite: Vencedor de 2 Oscars
Melhor roteiro original e melhor som

Teria a Academia coragem de dar a vitória ao controverso roteiro de Mark Boal após a esnobada em Kathryn Bigelow na categoria de melhor direção ou eles apostariam no mais óbvio, o roteiro de Quentin Tarantino em Django Livre (antes que os fãs xiitas do diretor me apedrejem, me refiro assim porque Tarantino sempre é uma excelência nesse departamento)? Vou arriscar em A Hora mais Escura como melhor roteiro original por ser um tipo de trabalho que costuma ser premiado na categoria (mais racional e cheio de meandros). Também aposto que o filme de Bigelow leve o Oscar de melhor som, apesar de ter como principal adversário o favorito a melhor filme Argo, que também pode levar nessa categoria caso a Academia queira mesmo reparar a injusta omissão com Affleck. A vida não será fácil para A Hora mais Escura no Oscar. Mas o que foi fácil para Kathryn Bigelow e seus parceiros nessa temporada?

Possibilidade em: Montagem e atriz (Jessica Chastain)

Chances por uma zebra: Filme

O Lado Bom da Vida
Palpite: Vencedor de 1 Oscar
Melhor atriz (Jennifer Lawrence)

Por mais que exista um movimento a favor de Emmanuelle Riva, de Amor, como vencedora do Oscar de melhor atriz, a história da Academia nos mostra injustiças como as de 1998, quando Gwyneth Paltrow (Shakespeare Apaixonado) venceu Cate Blanchett (Elizabeth) e Fernanda Montenegro (Central do Brasil), e de 2005, quando Reese Whiterspoon (Johnny e June) venceu Felicity Huffman (Transamérica). O Oscar adora as chamadas babes, jovens atrizes em comédias simpáticas como esta. No entanto, vou adorar errar o palpite se ver Riva, Wallis, Watts ou Chastain levar a melhor. O filme também é um forte candidato em melhor ator coadjuvante, uma onda recente a favor de Robert DeNiro, e em roteiro adaptado, caso os votos de Lincoln e Argo empatem. Além disso, é um filme dos Weinsteins e eles vendem a mãe por uma estatueta do Oscar! É só ver o histórico da dupla de produtores com a Academia.

Possibilidade em: Ator coadjuvante (Robert DeNiro) e roteiro adaptado

Chances por uma zebra: Filme, direção (David O.Russell), Ator (Bradley Cooper), atriz coadjuvante (Jacki Weaver) e montagem

Django Livre
Palpite: Não ganhará prêmios

 Tarantino já levou um Oscar pelo roteiro de Pulp Fiction. Não existindo sentimento de culpa da Academia com o cineasta, porque cargas d'água ele levaria o Oscar por Django Livre, que nem é o seu melhor trabalho? A justificativa mais óbvia é a falta de concorrência. Se a Academia considerar que o roteiro de A Hora mais Escura é polêmico demais e pode gerar problemas para a instituição, eles vão preferir Django Livre. Outra categoria na qual o filme de Tarantino pode levar é ator coadjuvante, antes da ascensão de DeNiro nas bolsas de apostas, o nome de Waltz era apontado como o concorrente direto de Tommy Lee Jones na categoria. Esse sim seria um prêmio justo para o filme.

Possibilidade em: Roteiro original e ator coadjuvante (Christoph Waltz)

Chances por uma zebra: Filme, fotografia e som

Os Miseráveis
Palpite: Vencedor de 3 Oscars
Melhor atriz coadjuvante (Anne Hathaway), maquiagem e mixagem de som

Anne Hathaway praticamente não tem adversária. Assim, Os Miseráveis já tem um Oscar garantido, o de atriz coadjuvante. O musical também está cotado como melhor mixagem de som, pelo trabalho que deu harmonizar os números musicais "ao vivo" com a orquestra gravada em estúdio, além da neutralização ambiente. Nesse departamento, o resultado ficou muito bom  e fica difícil competir até mesmo com Argo. Já o Oscar de maquiagem (lembrando que é maquiagem e cabelos) vai para o filme por falta de concorrente melhor (O Hobbit é um universo revisitado e Hitchcock praticamente imobilizou as expressões de Anthony Hopkins caracterizado como o cineasta). Os planos fechados e inclinados impossibilitam qualquer apreciação do figurino ou da direção de arte, por isso não os considero favoritos, mas não descarto suas vitórias.

Possibilidade em: figurino, direção de arte e canção original ("Suddenly")

Chances por uma zebra:Filme e ator (Hugh Jackman)

Amor
Palpite: Vencedor de 1 Oscar
Melhor Filme Estrangeiro

Concorrer com um filme que está na categoria principal, a de melhor filme, chega a ser covardia. O melhor filme em língua estrangeira será Amor, não resta dúvidas. Se fosse apostar em uma zebra seria no chileno No. Quanto a Emmanuelle Riva, foi o que disse parágrafos atrás, existe a possibilidade e tudo favorece a atriz, mas por outro lado penso nos votantes e como se trata de uma maioria, não sei se a francesa é a primeira opção de muitos. O caminho mais fácil é Jennifer Lawrence. Em tempo, caso a Academia não premie A Hora mais Escura em roteiro original, será muito bom ver Amor vencer na categoria. Um sonho que acredito ser distante, mas não custa nada sonhar.

Possibilidade em: Atriz (Emmanuelle Riva)

Chances por uma zebra: Filme, diretor (Michael Haneke), roteiro original

Indomável Sonhadora
Palpite: Não ganhará prêmios

Foi muita sorte Indomável Sonhadora ter entrado e, pode soar piegas, seus realizadores devem estar radiantes só pelo fato de participar do Oscar e das oportunidades que as indicações podem lhe proporcionar em novos projetos. Se existirem chances, elas estão em roteiro adaptado, mas ai é preciso vencer uma competição com Argo, Lincoln e O Lado Bom da Vida; e atriz, outra categoria difícil em que Quvenzhané Wallis disputa atenções com Emmanuelle Riva e Jennifer Lawrence. Apesar de que, Wallis tem o apelo de ser uma criança e isso pode atrais votantes.

Possibilidade em: Roteiro adaptado e atriz (Quevenzhané Wallis)

Chances por uma zebra: Filme, diretor (Benh Zeitlin)

Não indicados a melhor filme que podem ser premiados


Entre os filmes que não estão concorrendo ao Oscar de melhor filme, mas que também receberam indicações nessa edição dos prêmios da Academia, três têm chances de levar estatuetas. São eles:

Detona Ralph --> Deve ser o vencedor na categoria melhor longa de animação, apesar de enfrentar Frankenweenie de Tim Burton  e a falta de estatuetas no currículo do diretor;

Anna Karenina --> O drama inglês baseado no romance de Tolstoi foi indicado a 4 Oscars (trilha sonora original, figurino, direção de arte e fotografia). Deve levar o prêmio de melhor figurino, ainda que enfrente a concorrência de longas indicados a melhor filme nesta categoria, as mais pesadas são de Lincoln e Os Miseráveis. Existe também a possibilidade de levar em direção de arte, caso a dobradinha prevista para As Aventuras de Pi (efeitos visuais e direção de arte) não ocorra;

007 - Operação Skyfall --> Adele levará o Oscar de melhor canção por Operação Skyfall, que concorre a 5 prêmios (fotografia, trilha sonora original, canção original, som e mixagem de som). Há também a possibilidade do filme levar o prêmio de melhor fotografia, caso Pi não vença na categoria.

Outros longas indicados em mais de uma categoria como O Mestre (3 indicações; ator, ator coadjuvante e atriz coadjuvante), O Hobbit - Uma Jornada Inesperada (3 indicações; direção de arte, maquiagem e efeitos visuais), O Voo (2 indicações, ator e roteiro original) e Branca de Neve e o Caçador (2 indicações; figurino e efeitos visuais) não devem levar estatuetas para casa.

Apostas do blog:

Melhor Filme: Argo
Melhor Diretor: Steven Spielberg, Lincoln
Melhor Roteiro Original: A Hora mais Escura
Melhor Roteiro Adaptado: Argo
Melhor ator: Daniel Day-Lewis, Lincoln
Melhor atriz: Jennifer Lawrence, O Lado Bom da Vida
Melhor atriz coadjuvante: Anne Hathaway, Os Miseráveis
Melhor ator coadjuvante: Tommy Lee Jones, Lincoln
Melhor filme estrangeiro: Amor
Melhor fotografia: As Aventuras de Pi
Melhor direção de arte: As Aventuras de Pi
Melhor figurino: Anna Karenina
Melhor trilha sonora original: As Aventuras de Pi
Melhor maquiagem: Os Miseráveis
Melhores efeitos visuais ou especiais: As Aventuras de Pi
Melhor longa de animação: Detona Ralph
Melhor canção original: "Skyfall", 007 - Operação Skyfall
Melhor som: A Hora mais Escura
Melhor mixagem de som: Os Miseráveis
Melhor documentário: Searching for Sugarman
Melhor curta documentário: Open Heart
Melhor curta ficção: Curfew
Melhor curta animado: Paperman

Nenhum comentário: