domingo, 10 de março de 2013

Drops: O Amante da Rainha

O Amante da Rainha é mais uma daquelas produções europeias sobre os bastidores amorosos e políticos de um reinado do século XVIII e ninguém pode condená-lo por isso já que é extremamente eficiente em seus propósitos. Preciso e objetivo, o filme conta o caso amoroso entre a Rainha Caroline Mathilde e o médico pessoal e conselheiro do rei da Dinamarca na época, Christian VII. Como pano de fundo, a ascensão do Iluminismo sobre as monarquias europeias. O mais interessante nesse trabalho de Nikolaj Arcel, indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro, é o tratamento dúbio que dá às figuras masculinas, já que a admiração e o repúdio pelos dois vértices desse "triângulo amoroso" oscilam muito ao longo da narrativa. Portanto não é de se estranhar que, apesar do visual requintado,  o trio central é um dos maiores atrativos. O longa revela a talentosa Alicia Vikander, profunda no retrato da reprimida Caroline, e oferece mais um desempenho calculado de Mads Mikkelsen. Mas o destaque vai mesmo para Mikkel Boe Folsgaard como o infantil Rei Christian VII, um nome a ser lembrado.


En Kongelig Affaere, 2012. Dir.: Nikolaj Arcel. Roteiro: Nikolaj Arcel e Rasmus Heisterberg. Elenco: Alicia Vikander, Mads Mikkelsen, Mikkel Boe Folsgaard, Trine Dyrholm, David Dencik, Thomas W. Gabrielsson, Cyron Melville. 137 min. Europa Filmes.

Nenhum comentário: