sábado, 30 de novembro de 2013

Curtas: Um Time Show de Bola

Alguém poderia imaginar que depois de vencer um Oscar de melhor filme estrangeiro por O Segredo dos seus Olhos o argentino Juan José Campanella fosse se aventurar no universo das animações? Pois foi isso que ele fez em Um Time Show de Bola e olhando para toda a carreira do cineasta não fica difícil entender este caminho. De lá para cá, Campanella acumula a direção de episódios de seriados como House, Law & Order e outras tantas séries argentinas, além de filmes diversificados em gêneros e propostas como O Filho da Noiva e Clube da Lua. Esta nova aventurança de Campanella conta a história de Amadeu, um jovem que cresceu apaixonado por uma mesa de totó e por uma garota. Após correr o risco de perder todas as peças do jogo, o garoto é surpreendido pelo fato de que elas começam pouco a pouco a ganhar vida. Um Time Show de Bola pode ser dividido em dois filmes, um irregular que corresponde ao "miolo" do longa e traz a tentativa do protagonista de recuperar os seus jogadores em um lixão e em um parque de diversões, esta vale pouco a pena pois segue uma cartilha previsível em gags. No entanto, a junção do primeiro ato com o último, que traz uma partida de futebol entre Amadeu e os habitantes de sua cidade contra um time de profissionais, é irretocável.
 
 
Metegol, 2013. Dir.: Juan José Campanella. Roteiro: Juan José Campanella, Gastón Gorali e Eduardo Sacheri. 106 min. Universal.
 

Nenhum comentário: