sábado, 14 de dezembro de 2013

Curtas: Amor Bandido

Matthew McConaughey resolveu dar uma guinada na sua carreira, não é segredo para ninguém. Sua parceria com o realizador do intrigante O Abrigo, Amor Bandido, ou Mud, em inglês, o nome do seu personagem, faz parte desta leva. O que ninguém esperava é que mesmo com uma performance interessante pelas diversas camadas que McConaughey confere a este personagem, dois garotos roubassem por completo a cena e fossem os grandes motivos para elevar Amor Bandido a um outro patamar. O novo filme de Jeff Nichols é bem menos ambicioso que O Abrigo. Amor Bandido tem propósitos muito mais diretos  que o filme apocalíptico carregado com vigor pelo cineasta e pelo ator Michael Shannon, aqui em pequeno papel. O filme conta a história de dois garotos que ajudam um fugitivo da polícia a fugir com sua ex-namorada (Reese Whiterspoon). Com o passar da história, ilusões são quebradas e um dos meninos acaba passando por um processo de amadurecimento no qual seus grandes pilares, suas referências adultas, acabam se dissolvendo, o pai, a mãe, Mud (McConaughey), o amor. O que há de mais encantador em Amor Bandido é perceber como este processo se dá na interpretação à flor da pele de Tye Sheridan, um primor de performance, coadjuvada pelo colega com idade semelhante, Jacob Lofland e, claro, Matthew McConaughey.


Mud, 2013. Dir.: Jeff Nichols. Roteiro: Jeff Nichols. Elenco: Matthew McConaughey, Tye Sheridan, Reese Whiterspoon, Jacob Lofland, Michael Shannon, Sam Shepard, Sarah Paulson, Ray McKinnon, Joe Don Baker, Paul Sparks. 130 min. Califórnia Filmes.

Nenhum comentário: