sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Drops: Guardiões da Galáxia


Que grande fase da Marvel Studios! Após o eletrizante Capitão América 2 - O Soldado Invernal, a potência mais nova da indústria do cinema nos entrega um dos filmes mais divertidos do ano. Guardiões da Galáxia é cinemão pipoca sem a menor vergonha de se assumir como tal. Irreverente, pop e levemente anárquico, o grupo liderado pelo caçador de recompensas Star Lord é um irresistível coletivo de desajustados inseridos em um universo desconhecido do grande público, o que facilita por completo nossa imersão nele. O diretor James Gunn concebeu em cores, texturas e vida uma nova dimensão narrativa para o estúdio que se iguala às melhores matinês da década de 1980, não por acaso, período reiteradamente evocado no longa através da compilação de canções que seu protagonista tem como uma relíquia das mais preciosas. Não dá para encaixar Guardiões da Galáxia em qualquer uma das empreitadas anteriores da Marvel, aliás, para o bem ou para o mal, nem parece um filme da Marvel, é outra coisa, algo completamente novo, o que revigora nossas esperanças para o futuro do estúdio. Ainda bem, porque mais filmes como Homem de Ferro 3 e Thor: O Mundo Sombrio não dá.

Nenhum comentário: