domingo, 29 de novembro de 2015

Drops: American Ultra - Armados e Alucinados



Em American Ultra - Armados e Alucinados, Jesse Eisenberg e Kristen Stewart vivem o que deveria ser um casal de viciados em drogas inserido em uma trama repleta de conspirações políticas e informações sigilosas do governo norte-americano. Acontece que o maior problema do filme é que o diretor Nima Nourizadeh tenta criar uma comédia de ação, mas não consegue dosar o humor com as sequências de ação e violência gráfica, ou melhor, o diretor não consegue em momento algum tornar o seu filme naturalmente leve, o que seria fundamental aos seus propósitos no subgênero. American Ultra - Armados e Alucinados é um filme que se leva a sério demais para um projeto que tem a premissa que possui. Assim, ainda que conte com uma química boa entre Jesse Eisenberg e Kristen Stewart e tenha no elenco figuras interessantes como Connie Britton e Topher Grace, que parece ser o único a compreender o "espírito descompromissado da coisa", o filme não decola. Por ser sisudo demais, American Ultra estaciona, torna-se algo difícil de se descrever ou atribuir valor. Como longa sério de ação, a história não "cola" e gera desinteresse no público. Como narrativa pop, o filme não consegue ser enfático como os longas de Matthew Vaughn (Kick-Ass, Kingsman), por exemplo, um dos diretores que mais sabem mesclar ação e comédia em uma roupagem como a que esse longa exige. O caminho que Nima Nourizadeh reserva a American Ultra é a completa indiferença e indefinição sobre o que o filme realmente quer ou representa em seu próprio contexto cinematográfico. 

Nenhum comentário: