terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Drops: Aprendendo com a Vovó


Não subestime essa dramédia pelo título que ela conseguiu no Brasil. Aprendendo com a Vovó, que no original chama-se Grandma, é um filme muito mais maduro, inteligente e sensível do que o seu título de batismo brazuca sugere. Dirigido e roteirizado por Paul Weitz, de Um Grande Garoto, Aprendendo com a Vovó é uma excelente história sobre reconciliações e tolerância com o passado pontuada pela ótima interpretação da veterana Lily Tomlin, que há anos merecia um destaque como esse que o longa confere ao seu talento artístico. Tomlin vive uma acadêmica que acaba de romper um namoro com uma mulher bem mais jovem e parte em uma jornada para ajudar a neta adolescente a interromper uma gravidez indesejada. Na medida que a protagonista vai em busca de pessoas do seu passado que possam ajudá-la a resolver a questão, a personagem começa a fazer um balanço da sua própria vida, que entre erros e acertos mostra-se riquíssima para a sua jovem neta Sage e para o próprio público. Dividido em capítulos, Aprendendo com a Vovó traz Paul Weitz fazendo o que sabe fazer melhor, expor para o público personagens humanos com um tom leve que torna a obra uma história extremamente agradável e emocionante de ser acompanhada do início ao fim. 

Nenhum comentário: