sábado, 20 de fevereiro de 2016

Drops: Horas Decisivas



O longa conta a história real de um grupo de guardas costeiros responsável pelo resgate heroico de mais de oitenta tripulantes de uma plataforma de petróleo que racha após uma intensa nevasca nos EUA de 1952. Em meio a uma trama amorosa absolutamente insossa e um tom "quadradão", o interessante Craig Gillespie, do pouco conhecido A Garota Ideal (talvez a melhor interpretação de Ryan Gosling) dirige um filme que permanece morno durante boa parte da sua projeção. Com um roteiro de estrutura capenga e marcado pela total ausência de alavancas para a sua própria trama baseado no livro que narra eventos reais escrito por Casey Sherman, Horas Decisivas não aproveita nem mesmo o seu elenco talentoso formado por Casey Affleck, Ben Foster e Eric Bana. Sobra para Chris Pine os melhores, e poucos, momentos da trama em sua relação insossa com a personagem de Holliday Grainger. O filme não funciona como "pipocão", tampouco em sua pretensão de flertar com o clássico, ficando em um meio termo esquecível. Tecnicamente, o longa merece sua "estrelinha de mérito", mas não é só de efeitos especiais que vive um filme. Horas Decisivas é aborrecido e sofre com uma trama que demora a arrancar quando é dado o seu sinal de largada. No final das contas, o espectador fica literalmente a ver navios. 

Nenhum comentário: