sábado, 25 de junho de 2016

(Drops) The Fundamentals of Caring é um simpático road movie sobre o afeto


Você não vai encontrar nada de absolutamente revolucionário em The Fundamentals of Caring (numa tradução para o português ficaria algo do tipo Os Fundamentos do Cuidado),  mas esse simpático road movie de Rob Burnett (do inédito no Brasil We made this movie), baseado no romance de Jonathan Evison, lançado aqui como Amizades Improváveis, é o típico longa que consegue  cativar o espectador sem muito esforço. Chegando para o público brasileiro pelo Netflix, The Fundamentals of Caring traz Paul Rudd no papel de um escritor que resolve se aposentar após um traumático acontecimento em sua família e decide ser cuidador de portadores de doenças graves. No seu primeiro trabalho, ele é contratado por uma mãe solteira para cuidar do seu filho, um jovem amargo que tem uma distrofia muscular e que não deve passar dos 31 anos de idade. O resultado desse encontro é o de praxe, os dois personagens percorrerão um caminho cheio de aprendizado mútuo durante a viagem que o personagem de Rudd resolve fazer com o garoto para que ele conheça um local que sempre sonhou.

Burnett faz do seu filme uma história sobre o papel do afeto em nossas vidas e como ele pode nos levar a uma redenção, entendendo "cuidado" como algo abissalmente oposto a superproteção. Oferecendo uma história redondinha com personagens que não carecem de tanta profundidade assim em suas principais questões, a exceção dos seus protagonistas, The Fundamentals of Caring é uma dramédia leve que beneficia-se ainda por ter Paul Rudd e o jovem Craig Roberts em seus papeis centrais. Rudd, como sempre, se encaixa como uma luva nesse tipo "normal" e consegue um resultado interessante quando tem que expor o lado mais trágico do seu personagem. Por sua vez, Roberts destaca-se no longa por viver um jovem amargurado sem carregar muito na composição, tornando-o ácido e irônico, mas longe de transformá-lo em uma presença antipática no filme, algo que seria extremamente prejudicial. Entre os coadjuvantes estão Selena Gomez, Jennifer Ehle e Bobby Cannavale, interpretando papeis menores na fita, mas fundamentais na jornada dos protagonistas. Vale uma conferida por ser um registro afetuoso de relações humanas, mas não espere também nada muito refinado, nenhuma "invenção da roda". No final das contas, é um filme para deixar a gente mais leve e ele consegue esse efeito se for assistido sem cinismos.


The Fundamentals of Caring, 2016. Dir.: Rob Burnett. Roteiro: Rob Burnett. Elenco: Paul Rudd, Craig Roberts, Selena Gomes, Jennifer Ehle, Bobby Cannavale, Frederick Weller, Julia Denton, Megan Ferguson, Robert Walker Branchaud. Netflix, 97 min.

Assista ao trailer:

Nenhum comentário: