quinta-feira, 23 de junho de 2016

(Especial) 5 filmes bons e 5 filmes ruins sobre invasão alienígena



Hollywood é vidrada em filmes sobre invasões alienígenas e isso não é de hoje! Com a estreia de Independence Day - O Ressurgimento, o Chovendo Sapos relembra alguns dos melhores e piores exemplares que trouxeram o embate humanos x aliens. E aí? De que lado você está?

5 bons filmes sobre invasão alienígena



# 05. Sinais (2002). Dir.: M. Night Shyamalan

Muita gente torce o nariz para esse longa do realizador (como para praticamente tudo que ele faz), mas, logo após o sucesso de O Sexto Sentido e os cults Corpo Fechado e A Vila, Sinais é um dos longas mais "redondinhos" da conturbada carreira do diretor M. Night Shyamalan. Nele, Mel Gibson vive um ex-pastor que descobre uma série de círculos em seu milharal, todos eles vinculados a um fenômeno extraterrestre. O longa tem no elenco, Joaquin Phoenix, Abigail Breslin (pré- Pequena Miss Sunshine) e Rory Culkin, irmão de Macaulay Culkin.


# 04. Distrito 9 (2009). Dir.: Neill Blomkamp

Indicado a 4 Oscars, incluindo o prêmio de melhor filme e roteiro original, o longa que trouxe o diretor sul-africano Neil Blomkamp para as grande rodas hollywoodianas. O filme é uma interessante mistura de ficção-científica e filme de cunho político ao trazer a história de uma população alienígena que, em virtude de um problema operacional em sua nave, tem que passar a viver na Terra, em Joanesburgo especificamente, mas é separada da população humana em um distrito à parte onde são constantemente maltratados pelo governo.


# Contatos Imediatos de Terceiro Grau (1977). Dir.: Steven Spielberg

Qualquer lista sobre filmes de invasão alienígena não pode deixar de fora exemplares da carreira de Steven Spielberg, que, em muitas de suas obras dedicou-se a este fascínio que nós humanos temos com o que é extraterrestre. Talvez um dos títulos mais significativos nesse sentido seja Contatos Imediatos de Terceiro Grau, no qual Richard Dreyfuss vive um homem que pressente a chegada de aliens na Terra e deseja fazer contato com eles. É um dos títulos que mais conseguem tratar com respeito a temática, além de ser um representante exemplar das marcas do cineasta no gênero.


# 02. Guerra dos Mundos (2005). Dir.: Steven Spielberg

Ofuscado na ocasião do seu lançamento pela conturbada agenda pessoal do astro Tom Cruise na ocasião (em 2005, o ator assumiu seu namoro com Katie Holmes e foi aquele show exibicionista sem noção que todo mundo presenciou), Guerra dos Mundos é um dos longas mais subestimados da carreira do Spielberg. Baseado na polêmica e clássica história narrada por H.G. Wells, o filme traz Cruise como um trabalhador das docas divorciado que não sabe lidar com os filhos e acaba aprendendo a assumir tal responsabilidade quando, durante uma visita, eles são surpreendidos por uma invasão alienígena na Terra.



# 01. Marte Ataca! (1996).
Dir.: Tim Burton

Completa "viagem" visual e criativa de um Tim Burton que ainda fazia filmes interessantes, o longa é um grande besteirol que presta reverência a filmes B do gênero. Assumidamente trash, Marte Ataca! é uma grande e divertida piração do diretor trazendo a história de um grupo insano de marcianos que instauram o caos na Terra com seu plano de extermínio dos humanos. O longa tem um elenco cheio de grandes atores, como Jack Nicholson, Glenn Close, Annette Bening, Natalie Portman, Pierce Brosnan, Danny DeVito, Sarah Jessica Parker, Michael J. Fox, todos se esbaldando no parque de diversões de Burton.


5 filmes ruins sobre invasão alienígena



# 05. O Dia em que a Terra Parou (2008). Dir.: Scott Derrickson

Remake do clássico homônimo de 1951, esta ficção-científica com Keanu Reeves no elenco central definitivamente não dá liga. No longa, o ator vive um alienígena que chega a Terra para alertar a humanidade a respeito de uma potencial crise mundial. O filme não tem uma condução minimamente coerente da sua premissa e ainda desperdiça um elenco que tem o luxo de ter Jennifer Connelly e Kathy Bates entre os seus nomes.


# 04. Cowboys e Aliens (2011). Dir.: Jon Favreau

Todo mundo aguardava com muita ansiedade os próximos passos da carreira de Jon Favreau pós-Homem de Ferro, ainda mais quando ele tinha um material promissor em mãos: a HQ Cowboys e Aliens de Scott Mitchell Rosenberg, cuja ideia central parecia interessante nos cinemas. O longa trazia a história de uma cidade americana que em 1873 era invadida por alienígenas. Produzido por Spielberg, a proposta do filme é a junção do Western com os filmes de invasões alienígenas, mas o longa é uma grande decepção e Favreau parece ter perdido todo o humor e senso de diversão que lhe foram peculiares em Homem de Ferro e ajudou a formatar os filmes da Marvel em sua fase Vingadores.


# 03. Invasão do Mundo - Batalha de Los Angeles (2011). Dir.: Jonathan Liebesman

A impressão que este longa de 2011 passa é ele que desejava ser tudo o que Distrito 9 foi mas não conseguiu realizar suas pretensões a contento. O filme tinha como pretensão ser o primeiro de uma série que traria a temática das invasões alienígenas adotando um clima político a partir da instauração de uma Terceira Guerra. O primeiro enfoque do longa seria na batalha empreendida entre terráqueos e alienígenas em Los Angeles. Tedioso em suas pretensões realistas, o filme é absolutamente esquecível.


# 02. Invasores (2007). Dir.: Olivier Hirschbiegel

Filme do diretor alemão Olivier Hirschbiegel realizado após a repercussão de A Queda! - As últimas horas de Hitler, o longa era um remake do clássico Os Invasores de Corpos. Nele, Nicole Kidman interpreta uma psiquiatra que descobre um estranho comportamento nos seus pacientes. Os sintomas dessas alterações tem relação com uma epidemia alienígena que consome suas vítimas humanas quando elas estão dormindo. O filme passou por diversos problemas em sua fase de produção, incluindo conflitos entre Hirschbiegel e o produtor Joel Silver, que resolveu chamar o seu homem de confiança James McTeigue (V de Vingança) para refilmar o desfecho do longa. Invasores também traz Daniel Craig no elenco.


# 01. A Hospedeira (2013). Dir.: Andrew Niccol

Baseado em um livro de Stephenie Meyer, o longa consegue ser um dos filmes mais constrangedores sobre a temática que já foram feitos na indústria. Conceitualmente truncado, ele traz a história de alienígenas chamados de almas (sério!) que ocupam corpos humanos e, com isso, conseguem erradicar diversos problemas frequentes na Terra, como a fome e a violência. Claro, que tem um triângulo amoroso que não diz a que veio e desperdiça um talento do calibre de Saoirse Ronan, em um dos desempenhos mais frágeis da sua carreira.

Leia a crítica de Independence Day - O Ressurgimento clicando aqui

2 comentários:

Rodrigo Mendes disse...

Bela lista!
Eu amo Contatos Imediatos...uma das melhores fitas do Spielberg na primeira fase de sua carreira (nem gosto muito de "Guerra dos Mundos" acho um filme cheio de furos). "Sinais" é sensacional também, embora tenha alguns deslizes como, por exemplo, o fato dos aliens virem para um planeta de água se não são adeptos a ela, rs rs enfim, coisa que o Shyamalan nunca explicou ou nem se importou. De qualquer forma, é melhor que os filmes seguintes dele. "A Vila" é um bom filme também, só que veio depois de Sinais. O problema do Night foi querer criar sempre um final impactante nas histórias. Ele nunca mais conseguiu fazer algo como O Sexto Sentido e nem deveria.

Da lista dos piores, acertou em cheio. Tem duas refilmagens aí que é bom eu nem comentar, rs rs sacrilégios!

Eu também incluiria Independence Day, mas na lista dos melhores ao mesmo tempo que faria parte de uma lista das guilty pleasures.

Abraço!

Wanderley Teixeira disse...

Gosto bastante de A Vila e de Sinais tb, Rodrigo, e não considero essa história da água um furo do Shyamalan. Particularmente, A Vila me causou uma impressão melhor que o badalado O Sexto Sentido até, ainda que goste bastante do filme mais bem afamado do Shyamalan. A Vila tem propósitos e discussões que extrapolam suas convenções formais, isso me faz enxergá-lo com outros olhos na carreira do diretor.

Confesso que apesar de ter me divertido em uma revisão de Independence Day, esse filme envelheceu mal pra caramba.

Sobre os tais remakes que mencionou, é melhor mesmo, sem comentários porque são bem ruins.

Abraços. ;)