domingo, 28 de agosto de 2016

(Drops) 'Águas Rasas' testa os nervos do espectador



Águas Rasas não é um longa dotado de um tratamento aprimorado do seu roteiro, não apresenta aprofundamento no drama dos seus personagens, nem oferece alegorias ou propósito de abordagens para questões complexas sobre a vida ou coisa que o valha. O filme é simplesmente uma fita de entretenimento calcada na produção de efeitos que a situação que propõe gera no espectador e dentro desses termos é um grande acerto por parte dos seus envolvidos. O longa de Jaume Collet-Serra leva a atriz Blake Lively para o mar do México e a deixa encurralada por um grande tubarão branco. Por cerca de uma hora e meia, o espectador acompanhará a protagonista e sua tentativa de sobreviver aos ataques do animal enquanto a maré sobe e ela não pode ficar por muito tempo em um recife de corais.

É certo que há lacunas no roteiro da produção, como o fato de niguém dar por falta da sua protagonista e deixá-la por um tempo razoável no local ou mesmo não esmiuçar para a plateia o drama familiar que sugere desde o princípio. Contudo, nesse caso específico (e reitero que é um caso bem específico, já que mesmo em produções que levam a alcunha de blockbuster o tratamento satisfatório de narrativa é um requisito básico), tais tropeços não depõem contra o filme. Para aquilo que Águas Rasas propõe, ele é excepcional. O longa de Collet-Serra funciona sob a chave de um filme de sobrevivência no qual tudo o que importa são as ações do seu personagem principal e o que ele realiza para salvar a sua pele. Em Águas Rasas, o realizador, que antes havia conduzido filmes como A Órfã e Casa de Cera, mantém seu filme em estado de tensão e expectativa crescente através de cortes ágeis e, em muitos momentos, da sugestão da violência, o que contribui para deixar toda a situação vivida pela protagonista ainda mais assustadora. Nesse ritmo, Águas Rasas é uma sessão-pipoca eficiente e certeira nos objetivos que mira desde o princípio.


The Shallows, 2016. Dir.: Jaume Collet-Serra. Roteiro: Anthony Jaswinski. Elenco: Blake Lively, Óscar Jaenada, Angelo Jose, Lozano Corzo, Jose Manual, Trujillo Salas, Brett Cullen, Sedona Lege, Pablo Calva, Janelle Bailey. Sony, 86 min.

Assista ao trailer do filme:

Nenhum comentário: